04 junho 2017

A baixa Auto Estima em Livros Jovem Adulto!!


Pessoal, hoje eu gostaria de falar com vocês sobre algo que eu venho percebendo já faz um certo tempo, eu imagino que vocês já notaram essa certa hipocrisia na literatura. Hoje sabemos que vivemos em um mundo que luta pela igualdade e principalmente sobre nos aceitarmos como somos. O feminismo está governando o planeta (e sou super a favor). Mas, eu não consigo entender como algumas autoras que lutam pelo feminismo só criam personagens com baixa auto estima. Qual é a primeira coisa que vemos nas descrições da protagonista?? Geralmente é: Não sei o que ele vê em mim, eu não tenho nenhum atributo, sou tão sem sal, sem graça, tão normal como qualquer outra pessoa. Neste exato momento eu não consigo me lembrar de ter lido qualquer livro em que a protagonista se achasse bonito, divertida, interessante, qualquer coisa. Elas sempre se descrevem como as mais sem graça do colégio ou “completamente normal”. Ao meu ver, quando as adolescentes passam a consumir esse tipo de literatura, ao invés de se sentirem bonitas, poderosas, super incríveis, elas passam a se sentirem abaixo das outras garotas. É como a descrição da Tris em Divergente, ela se descrevendo chega a ser triste. Ela se acha a pessoa mais sem graça do universo (se bem que todo mundo acha a Shailene Woodley a pessoa mais sem graça do mundo mesmo kkk). Mas vocês conseguem entender o que eu quero dizer??

Meio que já se tornou um clichê literário as protagonistas se acharem feias e sem graça, e os mocinhos serem lindo, sarados e sedutores #QuePreguiçaaaaa. As autoras não vêem que isso só vai fazer com que as leitoras se sintam inferiores aos garotos ou as outras garotas na escola??? E a pior parte desse clichê é que sempre que as protagonistas dizem que são feias e “normais”, todo mundo no livro acha elas lindas (menos elas) e isso já se classificam automaticamente como uma baixa auto estima GIGANTESCA!!!!!!!!

Eu não sei se essas autoras precisam ouvir o álbum novo das Little Mix ou algumas músicas da Anitta, Karol Conka... Sei lá, apenas escrevam personagens que se sintam bem consigo mesmas, que seja independentes e fortes e não essa mesmice de “sou frágil” “sou feia” “sou normal” blablablá. Aí alguém comenta aqui em baixo o seguinte: Mas na adolescência toda garota se acha sem graça! Pois é exatamente por isso que elas precisam ver em suas leituras, protagonistas com a auto estima lá nas nuvens, para que elas percebam que podem se sentir assim também, que podem aceitar que as espinhas são só uma fase, que ser gordinha ou magrinha não definem suas personalidades, e que o julgamento dos outros como sofrer bullying não definem quem elas são.

Ok! Isso foi um longooo desabafo i know. Mas é que já estou exausto de ler continuamente esses clichês em romances jovem adulto. Aconteceu em Divergente, em Obsidiana, Volta para Mim, Amor amargo, Vinte garotos no verão e todos os livros da Sarah Dessen que eu li até agora.... A lista é longa. Eu não sei se vocês pensam assim como eu, mas fique a vontade para discordar nos comentários (ou concordar (:

PS: Obrigado por estarem respondendo a enquete fixa no blog, essa é a única forma que eu tenho para saber qual a idade do público alvo aqui do blog!


8 comentários:

  1. Entendo seu posicionamento. Eu também fico cansada quando leio algum livro no qual não há crescimento pessoal.
    Estou escrevendo um livro que fala justamente desse assunto:
    https://www.wattpad.com/417760736-mercy-di%C3%A1rio-de-uma-l%C3%A9sbica-uma-p%C3%A1ria-para-a

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AMEIIII a capa do seu livro, torço para que você possa abordar esses assuntos da forma como precisa ser feito, para que outros autores possam parar e refletir a mensagem que vão passar com seus livros antes de escreverem suas histórias.

      Excluir
  2. Guto amigo, eu já começo pedindo desculpas pelo sumiço... como vc sabe as vezes que sumo é só dos comentários, poque eu sempre leio os posts novos, mas queria confirmar que desta vez foi bem isso mesmo, li mas não consegui comentar. Eu tirei férias e aproveitei para tidar minha CNH, ainda estou no meio do processo, mas agora esta mais tranquilo... hehe
    Desculpas feitas, vamos para o comentário em si... kkkkk
    Primeiro eu queria dizer que mesmo sendo mulher eu não aguento algumas feministas, eu acho SUPER válido sermos iguais aos homens, porque em boa parte somos iguais a eles, na capacidade, na inteligência, na competência, nas amizades, no relacionamento, mas em alguns pontos não tem como ser igual a vcs homens. O que vejo muito hj é muheres querendo dominar em tudo, até muitas vezes ser melhor que os homens, e isso não é correto. Temos que ser IGUAIS, ou seja, nem pior e nem melhor, apenas IGUAIS. Sei que muitas mulheres podem sofrer com essa desigualdade, mas pra mim isso nunca aconteceu. Alguém pode dizer: Ahh aconteceu sim, mas vc está tão acostumada que bem percebeu. Enfim eu acredito que muita das coisas está mais nos nossos olhos do que na realidade. Sei que em países as mulheres são tratadas como lixo ou apenas como reprodutoras, sei que muitas sofrem abusos dos diversos tipos, e para estas temos SIM que LUTAR, mas o que vejo aki pelo BR e principalmente várias Youtubers é muito MIMIMI. Posso não estar me expressando da melhor forma, mas o que queria dizer é que está na moda ser Feminista, sem ao menos entender o que essa palavra quer dizer, muita gente se achando a dona da "cocada preta" e envergonhando a classe, muitas vezes sendo hipócritas. Mas enfim em toda classe há um grupo de pessoas que acaba envergonhando quem de fato está fazendo a diferença da maneira correta.
    Entrando sobre a baixo auto estima das protagonistas, memsmo eu tbm nao concordo com esse pensamento e te entendo total no que vc quiz dizer, eu tento a acreditar que é feito dessa maneira para ajudar quem pensa dessa forma a se encontra/identificar e conseguir entender ao longo do processo que da mesma forma que a protagonista tinha uma visão distorcida de si mesma, a leitora tbm consiga ver que ela pode estar se vendo de forma errada.
    Mas realmente cansa, começar toda leitura com um: Ah eu sou feia, ah ele é lindo, ahh eu sou sem graça, ahh ele é perfeito... hehe
    Enfim amigo eu concordo com vc, apenas queria tbm desabafar sobre estas "feministas" que envergonham as feministas de vdd!!

    Bjos Fêh :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente, me conta tudo sobre suas aulas de habilitação, foi um processo chato pra mim mas hoje até que eu tenho saudades (tirando a parte de ficar assistindo aqueles videos super chatos). Também acho que devemos ser apenas IGUAIS (eu também morro de preguiça tanto do feminismo quanto do machismo ambos exagerados). Miga eu super li todo seu comentário mas como não sou mulher não vou comentar muito sobre kkk. Mas é super tedioso quando começa as descrições das personagens sempre das mesmas formas né affffffffff. O que vc está lendo no momento???

      Excluir
    2. Acabei de ler o livro O Lado Feio do Amor... eu gostei da leitura, mesmo tendo alguns problemas com os protagonistas, mas no final foi uma boa leitura. Meio angustiante/triste mas sem ser totalmente dramática a leitura. Afinal a Colleen Hoover é uma grande escritora.

      Bjos Fêh :)

      Excluir
    3. SIMMMMMMMM ela é destruidora mesmo. Pena que os livros dela são tão caros (mas quero ter todos um dia). Estou louco para assistir a adaptação desse livro (o trailer é maravilhoso).

      Excluir
    4. Amigo infelizmente não haverá mais adaptação, uma pena mesmo!! Seria mto bacana assistir ao filme, tinha criado a expectativa.

      Excluir
    5. gente mais eu vi o trailer no youtube oxe

      Excluir

Pessoal, eu estou respondendo todo muito a noite quando volto do trabalho. Mas no Facebook eu respondo mais rápido!!