02 dezembro 2016

Resenha/Expectativa: Crave a Marca - Veronica Roth

Em um planeta onde a violência e a vingança imperam, em uma galáxia onde alguns são afortunados, todos desenvolvem habilidades especiais – o dom-da-corrente – um poder único para moldar o futuro. Enquanto a maioria se beneficia desses dons, Akos e Cyra não. Seus dons-da-corrente os tornam vulneráveis ao controle dos outros.

Será que vão conseguir recuperar o controle de seus dons, de seus destinos e das próprias vidas, e ainda instaurar o equilíbrio de poder no mundo?


AVISO: Esse texto foi feito antes de eu ler o livro. Agora eu já li, para ler a resenha basta (clicar aqui).

Esse post será diferente de qualquer outro aqui do blog, porque eu simplesmente preciso conversar com vocês sobre um lançamento que eu espero há quase dois anos. No ano em que eu terminei convergente, imaginei que fosse passar uns 5 anos sem material novo da Veronica Roth. Depois de um tempo, ela declarou que estava escrevendo uma duologia e que os direitos já havia sido comprados. Essa noticia foi a luz no fim do túnel que eu tanto precisava.

Autores como John Green e Suzanne Collins estão há séculos sem lançar nada novo e sem previsão também. Essa decisão deles de darem um tempo, me arrasa como leitor. Porque dá a impressão de que eles escreveram para ganhar milhões, após terem ganhado essa grana, eles simplesmente evaporaram. Eu sei que com certeza não é esse o motivo de ambos  não terem publicado livros novos, mas como leitor eu sinto a necessidade de ler mais conteúdo desses autores.

Eu me apaixonei por suas histórias e gostaria de poder lê-las por muitos anos, mas isso não é possível. Eu sou um fã enlouquecido pela Veronica Roth e quase fiquei arrasado morrendo de medo da autora também parar de escrever novas aventuras pelos próximos anos. Eu com certeza amei a noticia dessa duologia que ela escreveu e estou com altas expectativas. Por um lado isso é bom, porque eu me empolgo para ler rápido o livro. Pelo outro lado é ruim, porque posso achar muito chato e entrar numa imensa desilusão literária.

Como a autora matou mais da metade dos personagens em sua primeira trilogia rsrs, eu acredito que todos os seus fãs estão temendo por novas próximas mortes rsrs. Eu espero que ela tenha aprendido muito com seu terrível Convergente e termine essa duologia de uma forma mais sensata. As mortes em Convergente não me incomodaram tanto quanto para os outros leitores, o que mais me frustrou foi a narrativa chata do Four e da Tris AFF dois malas, eu não sei o que aconteceu, porque eu amava os dois e de repente eu só queria que eles calassem a boca. Dois chatos birrentos. Deus me livre. Fora aquela coisa chata de GD GP GT affffff.

Vamos fazer uma corrente de oração para que a Veronica fuja desses termos de ficção chatos e foque em uma história divertida, viciante e romântica (como foi nos primeiros dias da Tris na Audácia). Eu vou comprar Crave a Marca na pré venda porque eu jamais vou conseguir esperar o preço diminuir, todos já estarão lendo o livro e não sobreviverei a isso kkkk. Eu não pretendo fazer uma resenha do livro quando eu ler, mas falarei dele em vários outros posts (é claro que se vários leitores me pedirem uma resenha eu farei, mas não é meu objetivo).

Eu não costumo resenhar distopias aqui no blog (mesmo sendo meu gênero favorito da vida), eu geralmente falo deles em posts de indicações, tags ou leituras. Quando se trata de trilogias distópicas, eu prefiro fazer posts falando da saga por completo (e não livro por livro). Abro excessões quando eu fecho alguma parceria com autores nacionais (e falando nisso), eu recebi uma prova de uma distopia nacional que será lançada em 2017 e já estou começando a leitura. O melhor desse gênero, é que antes de lermos já sabemos que terá ação, romance, reviravolta e um governo opressor. Tudo o que uma distopia precisa pra ser perfeita!!! (Esqueci de mencionar que a distopia se chama Sobreviventes do Caos, e terá resenha dele por aqui na próxima semana provavelmente).

Eu não quis ler a sinopse de Crave a Marca, para ler o livro sem saber absolutamente nada dele, já saiu escrito que ele terá uma pegada de Star Wars (e nem isso eu queria saber rsrs).


Eu não faço ideia se tem mais algum leitor aqui no blog super ansioso para ler esse livro (mas se tiver) me fala se você também está aguardando esse lançamento ou não pretende ler mais nenhum livro da autora após Convergente?? kkk

5 comentários:

  1. Amigo eu super amei os dois primeiros livros de Divergente... Realmente a Veronica é uma ótima escritora, mas ela não é a minha preferida e por isso acabo não acompanhando seus lançamentos. Eu amo a Sarah Dessen, por isso os livros dela eu tento ficar por dentro... hehehe
    Mas como o gênero distopia é o meu preferido tbm, com certeza eu vou ler este livro, mas no meu caso vou ler assim que der e não na pré-venda.
    Espero que supere nossas expectativas, porque a Veronica é mto fera mesmo!!

    Bjos Fêh :)

    Ps.: preciso ler os livros de O Teste, mas ando tão sem tempo... afff... mas assim que eu conseguir ler eu venho falar com vc, pode deixar!! hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero muitooooooooooo que vc curta O TESTE, eu já falei aqui que ele não é MINHA NOSSA que distopia, mas é muitoooo viciante (quando começa os testes), tem mistérios, ação, aventura... de tudoooooooo. Vc disse que não acompanha os lançamentos da veronica mas ela só tem aos livros de divergente ué kkkkkkkkkkkkkkkkkk oxe. Que lançamentos??? kkkkkkkkkkkkk eu morri. Queta garota

      Excluir
  2. Então... estou meeeeega ansiosa!! Assim como vc, o final do Convergente não me incomodou, mas a narrativa foi meio... ARGH... hahahaha
    Sobre a Suzanne Collins, não sei se vc leu, mas eu curti muito os livros do Gregor...
    E já que estou recomendando livros, fica a dica da duologia Enders e Starters da Lissa Price.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiiiii meu melhor amigo tem essa duologia "Starters" mas confesso que nunca pedi pra ler porque acho as capas muitoooooooooo feia (nunca me chamaram atenção). Mas muita gente já me recomendou, eu vou largar de preconceito com as capas e vou adicionar eles em minha lista de desejados. Eu só assisti aos filmes dos Jogos vorazes então foi meu único contato com Suzanne, mas eu tenho o box dos livros e pretendo ler agora no começo do ano. A série do Grego, eu conheço mas nunca tive vontade de ler pois ví que é bem infanto juvenil (pelo menos foi o que comentaram, quem leu kkk)

      Excluir
    2. eu gostei bastante da duologia e super recomendo ( tb rolava um certo preconceito por causa da capa, confesso!)... Sobre Gregor, é infanto juvenil, mas eu curti... foi bom pra distrair.... ( ainda mais depois de ler algo pesado como Jogos) Vorazes ( que está passando agora na TV, diga-se de passagem). É uma pena que a Suzanne Collins não tenha escrito mais nada. Gosto muito da escrita dela.
      Atualmente estou viciada nos livros da Jojo Moyes... leio um atras do outro.

      Excluir

Pessoal, eu estou respondendo todo muito a noite quando volto do trabalho. Mas no Facebook eu respondo mais rápido!!