25 junho 2017

Lá Vamos Nós Para Mais uma Leitura Hot +18

Pessoal, assim como outros posts em que eu falei sobre leituras que possuiam um teor de sexo (mais adulto), neste post eu também vou por a taxa +18 para não termos probleminhas posteriores. Então,  já fique consciente de que teremos uma conversa de adulto aqui rsrs, se você for menor de idade procure outras recomendações aqui no blog (eu não sei porque continuo avisando, já que os jovens de hoje em dia amam uma sacanagem kkkkkkk).

Quando eu comprei esse livro, eu imaginei que ele fosse leve, divertido, super fofo e uma ótima leitura para passar o tempo. A sinopse dele é bem legalzinha e lembra um pouco O Diário da Princesa (a capa também me enganou direitinho), porém a execução da história foi um FIASCO (e bota fiasco nisso). O livro é repleto de cenas desnecessárias, por exemplo, porque a autora narrava os jantares, almoços e cafés da manhã da protagonista??!! Sendo que esses momentos não acrescentavam nada, absolutamente nada na trama. Acho que essa foi a primeira vez que eu li um livro narrado em primeira pessoa que foi cansativo. Geralmente isso acontece muito quando a narração é em terceira pessoa (eu não sei como é com vocês, mas ninguém merece tanta descrição de lugares ou momentos sem importância). A protagonista não tem muita personalidade e isso deixou a história cada vez mais vazia e cheia de clichês. Por exemplo, deram um cartão do tipo “Linda, tome aqui esse cartão com milhões de dólares para você gastar. Isso é só uma parte da sua herança”. O que vocês acham que ela fez?? Qual o primeiro lugar que uma pessoa normal iria após ficar milionária ?? A resposta correta é: S H O P P I N G por favor!!!!!!!!!!!!!!! Agora a protagonista recebe esse cartão e fala: Todo esse dinheiro é meu? Que legal. Gente, valew por hoje estou morta de sono até amanhã. E PRONTO. Isso foi tudo. Ela não surtou (sendo que ela dividia um apartamento com uma colega), a garota mora de aluguel e nem se deu o trabalho de surtar porque ficou milionária. E o pior de tudo é que ela era mega mão de vaca. A amiga dela falou: Vamos as comprasssssssssssssssssss. E ela: Ai que chato, detesto compras.... Blablablá vai ser chata assim na casa da minha vó querida. Cara, que garota songamonga do casseteeeeee  (amo essa palavra, acho tão pesado falar CASSETE kkkkkk). Teve um outro momento que o cara pediu com muita gentileza se ela poderia fazer uma doação para o zoológico da cidade, e ela simplesmente disse: Vou pensar e te falo. Resumindo, acabou o livro e ela cagou pro zoológico kkkkkkkkkk. #QueVaca

MEU DEUS eu já falei um monte e estou apenas começando kkk (nem falei da putaria ainda). Uma falha: O amor é a primeira vista total instalove. Segunda falha: Não tem nenhuma crise política no livro. Começa o livro com a rainha de Lilária (que nome ridículoooooo) indo atrás da nossa protagonista pedindo para ela tomar seu lugar no reino porque ela será muito importante para trazer o bem para o país, e que ela evitaria que más decisões fossem tomadas por outros reinos e blablablá. Gente, mas termina o livro e não tem ninguém querendo tomar o lugar dela no trono, não tem nenhuma ex namorada do príncipe querendo ralar a cara dela no asfalto, não existe um vilão se quer. Todo mundo gosta dela, é como se ela fosse a pessoa mais adorável e generosa do mundo... SONSA do cassete (Ok. Desculpe, não consigo evitar).

Antes de falarmos sobre as sacanagens, eu quase abandonei o livro quando do nada começou uma correria, o príncipe batendo nos paparazzis e tal. Eu sei que foi um espetáculo uma doideira, e adivinhem porque??!! Porque a dondoca caiu no chão e ralou o joelho, eles queriam até levar a fofa para o hospital. LIDEM COM ISSO!!!!!!!! Garota fresca do caramba PARA DE SHOW QUERIDA isso aqui não é a Disney não. A Cinderela espetou o dedo no alfinete e ninguém levou ela para o hospital, Alice entrou naquele buraco e ninguém saiu colocando cartazes procurando por ela na floresta. Então seja MENAS querida. Pronto, desabafei!!!!

Agora vamos ao que interessa A SACANAGEM kkkkkkkk. O livro tem 456 páginas e adivinhem quando começa a pegação??!! Bemmmmm depois da página 300, resumindo, são mais de 300 páginas com vários nadas acontecendo (eu até falei isso o tempo todo lá no skoob), como foi desnecessário. Quando enfim aconteceu o sexo, faltava pouquissímo pra acabar o livro, achei um desperdício (principalmente porque as cenas de sexo era a única coisa que prestava no livro, e olha que vocês sabem que eu não sou um consumidor nato desse tipo de literatura) as vezes eu acabo pegando uns livros mais hots, mas são sempre uma grande surpresa, eu compro achando que é apenas mais um romance fofo e de repente já me deparo com o protagonista segurando o pinto, do nada. Em De Repente, depois da protagonista passar mais de 300 páginas fazendo c# doce, ela resolveu que ia cair na farra com o príncipe que segundo ela era o tesão em vida (como sempreeeeeeeee aí que clichê cansativo).... Se eu não me engano, tem apenas 3 cenas de sexo. Exatamente, após um século de chatisse, o livro ainda tem 3 cenas de sexo que mal duram uma página (acho que o príncipe não é essa coca cola toda né querida).

A primeira cena, é até bacaninha. ADOLESCENTES PAREM DE LER NESTE EXATO MOMENTO seus safados (assim que terminarem de ler esse post, votem lá na enquete do blog para eu saber a idade de vocês, só para eu ter certeza que não tem garotinhas adolescentes lendo essas baixarias aqui. Obrigado).

Continuando de onde paramos, a primeira cena é quando ele chega na casa dela de noite e ela abre a porta de lingerie. A narrativa não é muito pesada, a não ser por uns momentos que ela fala que está pegando o pênis dele e massageando enquanto ele está com a boca no peito dela kkkkkkkkkkkkkkkk morri. Pra ajudar os pobres ela não serve né, agora pra pegar no pinto dos outros ela é maravilhosa. SONSAAA! Depois dela sambar em cima do príncipe, eles dormem e ela já acorda com o príncipe com a boca lá kkkkkkk aí que putariaaaaaa. Após a safadeza ao acordar, eles vão tomar banho e ela começa a passar a bucha no príncipe todinhoooooooo uiiiiiii kkkkkk (aí gente, eu lendo isso pareço criança, morro de rir, eu não tenho maturidade alguma para lidar com livros hot).

Os clichês de sempre acontece?? SIMMM o de sempre. "Puxa que pênis ENORMEEEE meu deus dá pra dar a volta na cintura e usar como cinto" (quase um acessório). Nesse livro eu até achei que o protagonista cagou um pouco pra mocinha, porque não me lembro dele elogiando ela tanto quanto ela elogiava ele. Fora que no sexo ele mandava ela ficar falando o nome dele (pra mim isso é coisa de cara inseguro e babaca, mas enfim). A segunda cena de sexo foi a mais chocante e a que eu mais morri de rir porque a doce e inocente princesa estava na pia lavando a louça (como a boa e santa garota que ela é) SIM ela é milionária e lava a própria louça (que preguiçaaaaaaaaaa). Continuando, o príncipe chegar por trás e começa a se roçar nela (como cachorro) e ela diz que sente o volume crescer kkkkkkkkk (já comecei a morrer de rir por aí), aí ele fala: Tá gostando safada?? Ela só geme (e a parte do “SAFADA” eu acrescentei só pra xingar ela mesmo). Resumindo, eu morri no exato momento em que ela diz: Me abaixo e empurro minha bunda para trás até sentir as bolas dele na minha parte inchada (ela usa exatamente essas palavras). KKKKKKKKKKKKK MORTO

Acho que essa foi a última cena de sexo que teve (até onde me lembro), depois volta para a história chata da princesa de novo. Na verdade ela não é bem uma princesa, acho que é uma Condessa.. Sei lá. Ela é tão sem sal e chata que caguei para o título dela. Não Lembro nem o nome da coitada, só sei que o príncipe se chama Alex porque ela passa o livro inteiro idolatrando ele.

Eu recomendo essa leitura?? De jeito nenhum. Se você tirar as cenas de sexo que dura umas 3 páginas, não sobra nada. Tudo mais do mesmo. O livro tem o segundo volume publicado e vai contar a história de amor da irmã do Alex, livro este que eu jamais lerei....

Ok. Gente, desculpe as brincadeiras, mas eu não sei falar sacanagem sem rir. Espero que vocês tenham gostado. Não se esqueçam de curtir esse post lá na fanpage para me ajudar na divulgação e de me seguir no skoob para acompanhar meus diários de leitura. Daqui a pouco eu já vou adicionar lá minha próxima leitura. Falowww #Guto

22 junho 2017

Top 4 Adaptações Favoritas em DVD!!


Pessoal, eu já estou querendo conversar com vocês sobre algumas adaptações que eu tenho já faz um tempo. Os leitores mais antigos do blog sabe que eu sou apaixonado por box de séries, DVDs de filmes e músicas (eu já mostrei algumas vezes por aqui, mas lá no comecinho do blog quando eu comprava com mais frequência). Assim que lança uma adaptação que eu amo de paixão, eu sinto que eu preciso ter aquele filme em DVD urgente (é claro que eu costumo aguardar um tempinho até o valor diminuir, porque não estou rasgando dinheiro rsrsrs). Eu sempre tive o sonho de ter uma estante na sala com muitos DVDs e séries, no caso eu pretendo realizar esse sonho em 2018 quando eu for morar sozinho (seria tipo uma Netflix particular em minha estante kkk). Meus amigos sempre falam que existe Wifi, Netflix e cabo para tudo ser conectado kkkk, que deve ser o que alguns de vocês pensaram agora. Mas não adianta, eu tenho paixão por ter o DVD dos meus filmes favoritos.

Das adaptações que eu tenho, eu separei 4 das minhas favoritas. Meus filmes favoritos eu coloco em uma prateleira separada, mas se eu fosse mostrar todos, esse post ficaria enorme (sem condições), além disso vocês não tem interesse em ver meus DVDs (não tem graça alguma, é só um monte de filme que todo mundo já viu). Talvez eu faça um outro post desse o ano que vem, assim que eu comprar meu box dos filmes de Jogos Vorazes e Maze Runner e alguns outros. O único post que ainda vai sair esse ano com DVDs, é o post especial Divergente que eu vou fazer mostrando tudo o que eu tenho desse universo que eu amo tanto. Vamos lá...

Como eu era antes de você


Eu provavelmente não cheguei a falar da adaptação aqui no blog, mas saibam que eu amei e me emocionei muito. Como eu já havia lido essa história há muitos anos atrás, eu não me preocupei com os detalhes que foram alterados ou retirados da adaptação, pra mim foi tudo perfeito. Achei o filme divertido, romântico, triste e apaixonante. Acho que todos os sentimentos do livro foram muito bem adaptados para o cinema, então não senti falta de nada. Comprei o DVD por 19,90 nas lojas Americanas.

A Culpa é das Estrelas


Essa adaptação tanto eu quanto todos vocês, amamos de paixão eternamente (eu imagino). Nunca ouvi ninguém falar mal da adaptação, a não ser quando reclamam que os olhos dos Gus não é azul, mas como eu sou homem, isso foi um detalhe que passou completamente batido rsrs. Eu não sou muito fã do livro, pois acho a Hazel muito cansativa e insuportável no começo da história. Mas no filme MIL AMORES!!! Principalmente pela atriz que escolheram (ouvi falarem mal da escolha da atriz também, mas eu amo a Shailene e não imagino outra atriz interpretando tão bem aquela personagem). O DVD eu também comprei por 19,90 e veio com um pingente que minha melhor amiga pediu e eu dei de presente. (Esse pingente da foto eu ganhei de uma leitora aqui do blog que ela mesma fez #ObrigadaSaraMaravilhosa).

Um Dia


Como eu não li o livro, não posso opinar sobre a adaptação (fiz a Glória SIM). Mas como telespectador apenas do filme, meu coração chora até hoje por aquele final trágico. Eu não estava esperando e foi um TIRO. Acho que fiquei chocado por uns dois dias, me arrependo eternamente por ter visto aquela cena horrível do acidente. DEUS ME LIVRE foi muito pesado, fiquei mega traumatizado kkk. O DVD custou 14,90 numa locadora que estava fechando, e eu comprei Um Dia e outros DVDs.

Insurgente


POR FAVOR NÃO ME XINGUEM!!! OK. Vocês sabem o quanto eu falei mal sobre essa “adaptação” no post ("O que aconteceu com Insurgente?”. Mas depois de um tempo eu comecei a ver esse filme como um complemento do universo Divergente e não como uma adaptação do segundo livro (até porque NÃO É). Vocês podem notar que nós leitores da trilogia somos os únicos que não curtiram o filme, mas qualquer pessoa que foi assistir sem saber nada da história, amou completamente. Porque o filme tem uma história narrativa que prende nossa atenção, tem romance, tem MUITAAAA ação. Então as pessoas amaram essa segunda parte da saga, e isso fez com que eu olhasse de outra forma para o filme. Eu esqueci que isso era para ser uma adaptação, e simplesmente curti um filme distópico adolescente. Falando sobre os três filmes da “saga”, com certeza Insurgente é o melhor dos três. Eu sou apaixonado por ele e já assisti diversas vezes. Se eu não estivesse tão cansado (do trabalho) neste exato momento, eu passaria o resto da noite falando sobre Divergente kkkk. Mas para poder falar sobre os livros que eu tenho, e sobre as adaptações, eu farei um post apenas para isso (vocês querendo ou não kkkkkkk). To brincando...Mentira, é super sério!

Essas são as minhas 4 adaptações favoritas da minha estante. Como eu já conheço o público do blog, não vou nem perguntar se vocês também curtem ter o DVD das suas adaptações favoritas porque tenho certeza que dirão um uníssono NÃO rsrs. Então vou pular essa pergunta, eu vou querer saber; Qual foi a adaptação que vocês foram assistir esse ano no cinema??

PS: Vocês viram que eu fiz o mesmo cenário para todas as fotos né??!! Gente, sem condição alguma de eu me dedicar mais nesses últimos dias. Eu tenho trabalhado muito porque mudei de setor essa semana, então assim que eu voltar para o meu, eu tento melhorar tudo por aqui (principalmente a frequência das postagens, que estão péssimas, eu sei). 

PS: Eu tenho outras adaptações como: Para Sempre, O caçador de Pipas, Querido Jhon, Cavalo de Guerra, Ironias do Amor, Os delírios de consumo de Becky Bloom... Entre outros. Mas como eu não tenho os livros, então preferi deixar de fora (sem contar que não tenho tanto amor por eles assim...).

PS: Gente, o novo livro do John Green já vai sair agora em Outubro, estou chocadoooooooo. Eu só li três livros dele e gostei bastante, já estou animado para o próximo!!

18 junho 2017

Meus Livros Nacionais


Hoje eu vou mostrar para vocês todos os livros nacionais que eu tenho na minha estante. Alguns eu já recomendei várias vezes para vocês, outros eu ainda não li (mas estou com grandes expectativas). Alguns livros eu doei, então esses são só únicos livros nacionais que eu possuo atualmente. PS: Mas estou aceitando recomendações (:

As Batidas Perdidas do Coração + A Escolha Perfeita

Eu já falei sobre esses dois livros aqui no blog em algum post de leituras. Eu não tenho certeza, mas acredito que esses foram os primeiros romances nacionais que eu li em toda minha vida literária. Eu me lembro de passar dias pensando sobre esse casal, eles eram apaixonantes e viciantes. Foi uma grande surpresa esse livro ser tão bom, porque eu esperava muito pouco dele. Eu tinha acabado de ler Belo Desastre e li comentários de que ambos seriam parecidos, então eu li com uma expectativa muito baixa e acabei amando muito mais do que Belo Desastre (o que foi inesperado, já que eu também tinha amado Belo Desastre). Eu morro de vontade de ler os outros livros da série, mas todas as vezes em que eu tentei comprar, os livros estavam caríssimos (daí eu compro romances americanos no lugar,  já que o nosso produto nacional sai por muitas vezes mais caros; vai entender...).

Prometida + Mentira Perfeita

Quando eu comprei esses livros e postei tanto aqui no blog quanto na fanpage, foi um show de comentários e várias leitoras falaram para eu ler esses livros da Carina o mais rápido possível. Como eu tenho um cronograma literário mental, eu sei que vai chegar o momento de eu ler esses dois romances, não sei se será esse ano, mas o importante é que eu já tenho meus exemplares e irei lê-los. Recebi mil comentários me explicando que esses volumes não são os primeiros das perspectivas séries e tal, mas eu já comprei consciente de tudo isso. Eu comprei esses livros pela sinopse deles, li todas da Carina e separei os dois livros com as sinopses mais legais. Eu tenho uma certa preguiça de ler o livro Perdida (acho que porque me falaram que tinha uma fada madrinha, aí perdi total a vontade de ler). Mas quem sabe depois que eu ler Prometida, eu me interesse pelo Perdida??!! Só o futuro dirá kkkkk (mentira, eu mesmo venho contar para vocês depois).


A Ilha dos Dissidentes + A Ameaça Invisível

Essa foi a primeira distopia nacional que eu li e mesmo achando muito infantil, eu me lembro de ter visto muito potencial na história. São livros que eu realmente recomendaria, provavelmente para uma faixa de 10 anos. O primeiro livro tinha sido muito promissor, eu curti a trama e foi divertido. Mas o segundo volume foi uma decepção. Os personagens não estavam mais com as mesmas personalidades e a história era fraquíssima, e isso me fez abandonar a trilogia (acho muito difícil eu comprar o terceiro livro um dia). PS: Me referi essa leitura no passado, porque faz uns 4 anos que eu li os dois livros.

Como Tatuagem

Essa foi uma das primeiras leituras que eu fiz esse ano e foi surpreendentemente um TIROOOO. Vocês sabem como eu surtei com essa história. Eu fiz um post dando mil motivos para vocês embarcarem nesse romance com cara de “Como eu era antes de você”nacional. Esse livro é romântico, divertido, sexy, MEGA HOT e maravilhosooooo. Eu super recomendo para todos.

Porque Indiana, João?

Eu comprei esse livro na pré-venda e isso já faz uns 5 anos (mais ou menos). É complicado falar com vocês sobre ele neste exato momento (porque eu me lembro muito pouco da história). Ele vai falar sobre bullying, sobre tiroteio em escolas, e vários outros dramas adolescentes. Eu curti muito essa leitura na época e acho que vale muito a pena. Eu já recomendei esse livro para alguns leitores, e alguns não curtiram porque o protagonista passa por uma fase do livro em que ele vira o vilão da história e isso fez com que o leitor tenha perdido a empatia pelo protagonista. Eu não tive esse problema com a leitura porque essa fase do livro passa, e a história segue sua linha narrativa mostrando as consequências por ele ter feito algumas escolhas erradas.

Sobreviventes do Caos

Sabe aquele livro com uma narrativa rápida, com muitas reviravoltas e com muita ação? Então. Sobreviventes é exatamente assim. Narrativa inicial lenta é umas das reclamações mais comuns entre os leitores de distopia, e essa diferença foi a primeira que eu achei nesta história. A autora soube prender a atenção do leitor já no inicio da narrativa. Provavelmente essa foi a única distopia nacional que eu li esse ano, e por ser um livro curtinho e super rápido de ler, foi uma boa experiencia. Eu vi no face que ele estava em promoção, então vou deixar o link para quem quiser conferir (AQUI).

Cidade Banida

Eu já falei sobre esse livro também outras vezes aqui no blog, então vou me abster em apenas dizer que esse livro é um ótimo inicio para uma trilogia distópica, porém só foi lançado o primeiro volume e não temos nenhuma noticia sobre uma continuação, resumindo, é uma leitura que não teve propósito algum, já que possivelmente nunca teremos uma conclusão. (Sem contar que o livro termina com um super gancho para o segundo... aff).

Irmandade de Copra  Vol. 1 & 2

Esses dois livros são as primeiras partes de uma trilogia (que já foi toda lançada, porém não tenho o terceiro volume). Se você for apaixonado por ficção cientifica, e curte X-MEN, curte romance, alienígena, vidas em outros planetas, essa trilogia é para você com toda certeza. Eu provavelmente li esses livros a uns dois anos, e foi uma aventura muito diferente de tudo o que eu já havia lido (principalmente por eu não ter o hábito de ler ficção cientifica). Eu curti muito os personagens, e a escrita da autora (esse foi um dos livros com a melhor escrita que eu já li em toda minha vida), parece que a autora tem um nível de inteligencia que eu jamais entenderei kkk (é muito acima do normal). Essa trilogia geralmente está muito barata também, já encontrei até por 10,00 reais (vou deixar o link AQUI)

Boa Noite

Blablablá vocês não aguentam mais eu recomendando essa leitura e eu não aguento mais falar sobre ele kkk. Então apenas LEIAM porque vocês não vão se arrepender.


Eu já li outros livros nacionais?? SIM. Porém, eu já doei para a biblioteca da minha cidade todos os outros livros que eu já havia lido e não tinha o interesse de ter guardado na minha estante. Eu não vejo muito o sentido de ter uma estante com 300 livros (só para ter), sendo que tem vários livros que nós já lemos e não curtimos tanto. Então eu prefiro doar os livros para que mais pessoas possam ter acesso aquela história. Eu guardo apenas os livros que eu realmente tenho muito apreço. Eu ainda tenho muitos livros que eu não pretendo reler, e que também penso em doar. Como eu estou de mudança e já soube que a biblioteca da cidade em que eu vou morar, pegou fogo há alguns anos e eles estão aceitando doações. Eu pretendo levar os livros comigo e doar para a nova biblioteca da cidade.

Então, esses são todos os livros nacionais que eu atualmente tenho em minha estante e recomendo que vocês leiam (se tiverem interesse em algum). Assim que eu separar os livros que eu vou doar, eu tiro uma foto e venho mostrar para vocês. Se vocês leram algum romance nacional que foi maravilhoso e desejam me recomendar, deixem nos comentários para eu adquirir meu exemplar e falar sobre ele em algum post de leituras.

PS: Geralmente eu posto fotos dos livros individualmente (vocês sabem), porém demora muito tempo para tirar as fotos e principalmente editar uma por uma, e como eu faço tudo sozinho, leva um tempo gigantesco. Ter que criar o texto e corrigir, e depois tirar e editar as fotos, todo esse processo leva horas para fazer (e vocês levam no máximo 3 minutos para ler tudo kkkk aff). Para me ajudar, curtam esse post lá no Facebook e compartilhem em grupos literários.

PS: Só agora eu percebi que esqueci de colocar os livros da Carina Rissi na pilha para tirar foto.